MENU

Plaenge

2020: Confira 7 dicas de tendências para decorar seu lar

O ano de 2020 começou e muitas pessoas aproveitam esse momento para renovar os ambientes da casa. A cada ano, o mercado lança novidades e que se mostram como tendências para repaginar cada espaço do seu lar. O blog Plaenge esteve no show room da Bontempo e separou 7 dicas interessantes de tendências para decorar ambientes com cores interessantes e charmosas nesse novo ano.

Quem explica um pouco mais para o blog sobre as dicas e tendências é o consultor de vendas da Bontempo Campo GrandeFelipe Cordeiro, que também é arquiteto e designer.

“O que selecionamos especialmente para o blog Plaenge são cores referência que estarão não somente em mobiliário fixo, mas em alguma parte da decoração. Essas cores têm sido bastante requisitadas pelos clientes e que podem seguir ao longos dos próximos anos”, explica.

1 – Azul

Azul vem se apresentando como forte tendência para 2020; opção de cor é bem-vinda em cozinhas. Foto: Marcelo Varela

O azul vem bem forte por conta do tom lançado pela Pantone como tendência para 2020. Ele pode ser colocado em diversas aplicações no mobiliário, trazendo uma sofisticação ao ambiente. A Pantone Classic Blue 19-4052 vem com traços de elegância em sua simplicidade.

“Temos um azul inspirado na Pantone, o Azul Petrolio® , onde colocamos tanto o acabamento em Laca fosco, quanto o acabamento em Laccato em alto brilho como cores bem pontuais. Temos recebido diversos pedidos e concluído ambientes como cozinhas e quartos nesta cor”, diz Felipe.

2 – Cinza

O cinza tem se apresentado versátil em sua utilização com uma sequência bem interessante e variedades de tonalidades. “O cinza é muito forte e já vem há alguns anos sendo utilizado, muito tendência dentro das residências e fora também. O cinza, dependendo do ambiente e o tamanho dele, as pessoas optam pelo cinza mais claro ou mais escuro”.

Cinza e suas variações de cores podem ser utilizadas, desde que tenham um contraponto, evitando frieza. Foto: Marcelo Varela

Fernando também afirma que mesmo o cinza com brilho tem sido utilizado de forma muito pontual.

“Usando em gavetas em uma penteadeira ou na frente de um painel, mas nada muito exagerado. Temos visto clientes buscando pisos acetinados, como também a parte do mobiliário fixo mais para o fosco. Então podemos dizer que em imóveis mais comerciais, se trabalha mais com cinza e brilho e para residências, as peças foscas”.

3 – Madeira

Madeira com sua variação de tonalidades aquecem o ambiente. Marcas naturais vêm forte este ano. Foto: Marcelo Varela

O azul e o cinza são cores um pouco mais frias e para aquecer os ambientes, uma opção que tem se mostrado com muita tendência é a madeira. E engana-se quem imagina que a madeira pode ser aplicada somente no piso.

“A madeira vem trazendo realmente esse aquecimento no ambiente, em mobiliários, painéis. Podemos utilizar diversos tons desde a escura a um pouquinho mais clara, sempre com uma pegada natural, com seus veios e traços”, afirma Cordeiro.

4 – Verde

O verde é sempre bem-vindo nas decorações, muitas vezes para fazer uma ligação do exterior com o interior da residência. Por exemplo, uma casa com muitos vidros, mas que tem um jardim na área externa. O consultor explica que neste caso, o verde aparece com um ponto de ligação.

Aplicação de verde no projeto desenvolvido por Roberto Migotto e design de Carlos Fortes na Casa Cor SP. Foto: Leka Mendes

“Isso traz a sensação de natureza para dentro da casa. Fazer essa ligação com o jardim é bem legal. Vejo como tendência em 2020, percebo que há resquícios e acontecimentos que vieram dos anos anteriores. Há dois anos, completamos 40 anos e na Casa Cor São Paulo, a empresa participou do projeto do espaço premiado Le Riad Bontempo com o arquiteto Roberto Migotto.  Ele montou e desenvolveu uma cor de verde para incluir dentro do projeto que ficou extremamente elegante e charmosa”.

5 – Vidro | Espelho

Espelho Fog consegue dar brilho com personalidade e traz elegância ao ambiente. Foto: Marcelo Varela

Como as peças foscas tem se apresentado com uma tendência forte no mobiliário na composição de ambientes, o vidro com seus brilhos diferenciados aparece cada vez mais dentro da decoração. Para Felipe Cordeiro é uma tendência que aparece com frequência, como contraponto ao fosco.

“Uma opção interessante é o espelho fog, que dá uma neutralidade melhor do que o espelho prata, que deixamos mais para banheiro e espaços de maquiagem, ou um espaço em que a pessoa precisa se enxergar. O fog traz em sua característica uma espelhagem mais neutra, quebrando o brilho intenso e trazendo atitude ao ambiente, além de possuir colorações como petróleo e carbono, buscando a tendência do azul e cinza”.

6 – Dourado

A cor dourada fosca aparece de formas mais variadas em pontos dentro da coloração e concepção de ambientes. Conforme Cordeiro, a opção deve ser utilizada como pontos nos ambientes para que não seja enjoativo ou canse a visão.

“O dourado aparece em vários momentos no ambiente, mas de maneira harmônica. Um exemplo que podemos colocar é a inserção da cor em puxadores, em detalhes da serralheria. Porque o mobiliário personalizado é feito para durar muito tempo, e não se trocar a cada ano. Por isso sugerimos, neste caso, o dourado como puxadores porque pode ser trocado por ser apenas um detalhe dentro da decoração, do que trocar todo um ambiente”.

Dourado fosco aparece apenas em acessórios da decoração do mobiliário. Foto: Marcelo Varela

7 – Sua história

Toda a decoração tem uma história para contar. Nada melhor do que aplicar a sua história dentro do storytelling do ambiente decorado em seu lar. A dica é deixar impressa a sua identidade de maneira harmônica e charmosa, aplicando as cores e tendências.

“Temos que pensar que todas as pessoas e famílias contam com personalidades diferentes. O importante é entender e montar cada ambiente de acordo com quem vai utilizá-lo. Por exemplo, cada família tem um modo de vida, tem pessoas que cozinham todos os dias por conta dos filhos, então precisamos pensar em uma cozinha com espaço aos utensílios, e que seja um ambiente do lar sem perder o charme. Por outro lado, temos pessoas que moram sozinhas, temos recém-casados que acabam utilizando um pouco menos a cozinha, mas precisamos deixar pronta para que eles possam receber visitas e a família, aliando praticidade e elegância”, exemplifica o consultor.

Tendências servem como inspirações, mas o que vale é colocar a sua identidade com harmonia na decoração do lar. Foto: Marcelo Varela

Ele ainda avisa que as dicas separadas para o blog da Plaenge não são uma regra. “Nós pontuamos aqui diversas tendências, mas isso não é regra ou uma caixa fechada. Podemos abrir para um universo de cores, lembrando sempre de deixar o ambiente harmônico e agradável. O que notamos é o que as pessoas buscam cada vez mais expressar seu interior em seu lar”.

Para Francisco Souza, franqueado Bontempo Campo Grande, afirma que a empresa compreende que cada pessoa é única, tem as suas memórias e desejam cada vez mais colocar a sua identidade dentro do projeto.

“Colocar a identidade da pessoa em um ambiente é muito importante. Trabalhamos muito para colocar sua marca, as memórias e o que ela deseja viver em cada cômodo. Para nós é muito gratificante poder participar deste momento na construção de um novo lar”, finaliza.

O Blog Plaenge agradece a Bontempo Campo Grande.

Texto: Marcelo Varela, assessor de imprensa em Campo Grande

Tags:

OUTROS POSTS

Feliz aniversário! Cinco traços marcantes da história de Curitiba
31.03.2020 | Sem categoria

Feliz aniversário! Cinco traços marcantes da história de Curitiba

No dia 29 de março, Curitiba completa 327 anos repleto de história e cultura. Com população de quase dois milhões de habitantes, a capital do Paraná é sempre lembrada pelo planejamento urbano, parques e áreas verdes e, claro, pelo friozinho característico. Separamos alguns traços marcantes da cidade para celebrar seu aniversário: O nome da cidade […]

IR PARA A PLAENGE

Baixe o nosso Plaenge APP
e faça parte do clube

Aplicativo Plaenge
QR Code