20 | agosto

Café: Uma bebida com sabores para todos os momentos

O Blog Plaenge entrevistou o renomado barista Tássio Puertes, sobre como apreciar de verdade uma das bebidas mais queridas pelos brasileiros

Barista 01

Barista Tássio Puertes esteve no Café Plaenge na Central de Apartamentos Decorados

Em todos os momentos da vida, seja na correria do trabalho, em uma reunião de negócios, após um almoço ou mesmo em um breve descanso no lar ao lado da família, sempre há um item que não pode faltar: um cafézinho. E tem para os diversos gostos, desde o café mais forte até o mais fraco, adocicado e o normal. Mas você sabia que a experiência de apreciar a bebida mais amada pelos brasileiros pode ser ainda melhor? O Blog da Plaenge recebeu o barista Tássio Puertes, no espaço Café Plaenge em nossa Central de Apartamentos Decorados em Campo Grande. Ele compartilhou com o blog a sua paixão pelo café e deu dicas interessantes de como apreciar a bebida.

Onde começou a sua paixão pelo café?

A minha paixão pelo café acredito que começou mais ou menos uns 10 anos atrás quando eu visitei a Coffee Lab – um laboratório de torra, degustação, preparo de cafés de qualidade e escola de baristas em São Paulo – quando era pequenino ainda. Havia sido criado há 2 anos pela barista Isabela Raposeiras, em um mercado totalmente novo.

Na época eu tomava café para ficar acordado, tomava café para estudar, para trabalhar. E quando fiz uma visita através do Sebrae lá em São Paulo no Coffee Lab, conheci Isabela e tomei um café de verdade. Neste momento, percebi que eu não precisava mais tomar um café só para ficar acordado, eu podia tomar uma bebida de qualidade. E foi quando eu percebi que aquilo era uma coisa maravilhosa e porque eu adorava café.

E a partir dessa paixão, você começou a estudar sobre a bebida?

Sim. Foi quando eu me despertei para o mundo dos cafés. Alguns anos se passaram e numa visita fora do país eu consegui perceber que o mundo dos cafés lá fora já estava bem amplo.

Olhei para o nosso mercado interno e vi também que em grandes centros estava já numa situação bem interessante. Decidi que poderia ser o momento de trabalhar, disseminar essa cultura e comecei a estudar. Me formei no Coffee Lab, estudei na França onde fiz curso de análise sensorial que é muito importante no mundo dos cafés. Voltei para o Brasil e já comecei a trabalhar. Hoje sou professor e proprietário do Baristrô Café em Campo Grande.

 

Barista 02

Uma paixão: Tássio revela descoberta do café como uma bebida prazerosa para todos os momentos.

O café é uma bebida diferente das outras? O que você diria?

Eu falo nas minhas aulas que o café é o elemento que mais gera contato entre pessoas, que mais conecta. Porque? Primeiro que ele faz parte da vida do brasileiro fortemente.

Segundo que o café a gente toma de manhã, no meio da manhã, depois do almoço, em uma breve parada à tarde, à noite. A gente toma quando estamos felizes, ou mesmo tristes. Convidamos alguém para tomar um café num dia qualquer porque queremos conversar, se reencontrar, então ele é um elemento que participa de momentos da nossa vida.

É diferente de outras bebidas que nem sempre podem estar presentes. Essa é a parte mais gostosa do café, você pode “viver ele” toda hora.

O café está presente em vários momentos no cotidiano do brasileiro, mas conte para o blog: como a gente pode começar a apreciar um bom café?

Para poder falar um pouquinho sobre como escolher um bom café, primeiro temos que entender que existem algumas classificações de café. O café que encontramos no supermercado que são conhecidos como cafés tradicionais, normalmente são produzidos com o que sobra da produção. São grãos menores, muitos deles quebrados que são misturados com milho, galho. Eles são torrados, moídos e vendido nas prateleiras.

Quando a gente começa a entrar em cafés especiais, estamos falando das suas espécies e dos de micro lote. Temos no café características verdadeiras do fruto café que são doçura, aromas de frutas, chocolate, nozes.

Minha primeira dica é: começar a buscar cafés 100% arábica ou especiais de micro lote, porque você vai ter um café completo, do jeito que realmente deve ser. A partir desse momento com referências, pode caminhar para um café em grão, que tem mais qualidade. O

grão de café quando é moído preserva características como sabores e aquele aroma gostoso. Você vai tomar algo muito mais fresco e de muito mais qualidade.

barista 03

Grãos selecionados: Café de micro lote possuem mais qualidade e sabor apurado

E agora aquela dúvida: Café com ou sem açúcar?

A pergunta clássica! (risos). As pessoas costumam tomar os cafés tradicionais, que são aqueles com impurezas e classificações que diminuem a sua qualidade. Ele fica com uma característica de amargor por causa da torra elevada.

Mas o café é um fruto e ele possui doçura. Então quando você consegue tratar o café dentro da cadeia de uma forma especial e preservar todas essas características, é possível extrair essa doçura. Então os cafés especiais de micro lotes você vai encontrar a doçura de mel, rapadura, doce de cana, mascavo, você sente no fundo da xícara esse adocicado.

A partir do momento que migramos de um café tradicional para um café especial você não precisa adoçar porque ele vai vir doce. É uma característica do café.

As pessoas que frequentam a nossa cafeteria que consomem com açúcar, a gente não inibe. Sugerimos apenas coloque menos do que o de costume. Com o tempo que você vai perceber que não precisa colocar. Então a gente sempre indica primeiro dar um golinho sem açúcar, porque café tem a sua doçura.

Você comentou que o café é uma bebida que conecta as pessoas. O que você daria de dicas para servir um bom café em algum momento do dia? Que tipos de acompanhamentos podemos oferecer?

O café é muito bem aromatizado com pães e queijos, por exemplo. É muito tomado com queijos principalmente em Minas Gerais. Lá é algo cultural. Eu, particularmente, sinto que existe uma harmonização do queijo com o café.

Na nossa cafeteria, por exemplo adoramos tomar o café expresso com um bolo de cenoura com chocolate. Ele tem um contraponto um com outro que enaltece características aromáticas de sabor do café, então depois que você come você sente características diferentes no café.

Os cafés especiais por exemplo, já têm características aromáticas diversas. Você encontra café de frutas vermelhas, café de cereja, café de ameixa seca, com chocolate amargo, nozes, avelã, entre outros.

Você pode explorar qual aroma você quer trazer neste evento, seja uma reunião de família, amigos, qual o tipo de sabor que você quer trazer para essa reunião. Com os alimentos de acompanhamento, você pode também sonhar.

O café está muito inserido na gastronomia, está sendo explorado de uma forma diferente.

Você pode colocar pães com patê, presunto, queijo, presunto parma. Na Itália, por exemplo é muito comum encontrar pães italianos com presunto tipo Parma e queijo Brie e que as pessoas tomam com café expresso. Fica super gostoso.

Eu acredito que não existe barreiras do que você pode utilizar dentro da sua casa para ser aromatizado com café. O café e o alimento vão ser especiais e ambos vão fazer parte de um momento.

 

Barista 04

Barista Tássio Puertes, atualmente é dono do Baristrô Café, onde prepara cafés especiais em menu especial e também forma novos baristas

Assista o vídeo:

__
Texto: Marcelo Varela, assessor de imprensa em Campo Grande.