19 | maio

Show das águas encanta quem visita o novo parque de Cuiabá

Ao longo dos últimos anos, a população de Cuiabá ganhou várias opções de lazer. Mais recentemente foi entregue o Parque das Águas, que fica na Lagoa Paiaguás, no Centro Político Administrativo (CPA) – uma região valorizada da cidade. Projetado para receber público de todos os gostos e idades, é um lugar bastante agradável para se visitar com a família, praticar esportes e curtir a linda paisagem.

Foto: Evelyn Leite

Foto | Evelyn Leite

Situado em uma ampla área de 270 mil m², o Parque das Águas possui 1.500 metros de pista de corrida e caminhada, 1.600 metros de ciclovia, duas academias ao ar livre e parquinhos infantis, além de dois estacionamentos com capacidade para 600 veículos.

Foto: Evelyn Leite

Foto | Evelyn Leite

Com clima e ambiente agradável, o parque ainda conta com o show das águas, seu principal atrativo. Jatos de água que chegam até 70 metros de altura, iluminados por luzes coloridas, “dançam” acompanhando o ritmo das músicas que compõem cada apresentação. A programação inclui 20 músicas diferentes e cada uma possui sua própria coreografia e interpretação.

Crédito Prefeitura de Cuiabá

Foto: Prefeitura de Cuiabá

A dona de casa Vera Lucia afirma que o Parque das Águas chega para ser o maior ponto turístico da capital. “A estrutura ficou excelente, podemos praticar exercícios de manhã, a tarde e à noite. As duas academias ao ar livre e a pista de caminhada permitem que as pessoas se exercitem tranquilamente”, contou. Para a pedagoga Thayla Reis, a fonte dançante é a principal atração do local. “Trouxe meu filho de dois anos para assistir ao show das águas, ele ficou encantado. Particularmente gostei muito também, é um espaço bem família”, afirmou.

Prefeitura de Cuibá (1)

Foto: Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuibá (2)

Foto: Prefeitura de Cuiabá

O Parque das Águas ainda oferece aos visitantes outras atrações turísticas, como o túnel das águas – um espaço com extensão de 14 metros que permite a passagem por entre os jatos de água – e a cachoeira com névoa artificial e luzes fluorescentes. O local guarda também uma curiosidade: a vida selvagem, que ainda habita os arredores da lagoa mesmo após sua revitalização. Recentemente, visitantes viram vários jacarés e até uma jiboia.

___________

Texto: Larissa Klein | ÍconePress

Faça seu comentário

Nome:

E-mail:

Mensagem: limite de caracteres 1500.

Entrar pelo Facebook

Código da validação

Nenhum comentário