11 | outubro

Com apoio da Plaenge, Go Pink reúne mais de mil corredores

A Plaenge patrocinou pelo terceiro ano consecutivo a corrida Go Pink, promovida pelo Hospital do Câncer de Londrina com a finalidade de conscientizar as mulheres sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama. A construtora é parceira do Hospital em muitas ações e apoia a corrida desde o início. “Este apoio é fundamental para o sucesso da corrida, que começou pequena, com 150 participantes, e hoje reuniu mais de mil corredores”, comemorou Mara Fernandes, diretora do HCL.

A instituição atende 1600 pacientes por dia e uma média de 400 mulheres com câncer de mama. “A conscientização é fundamental para que haja diagnóstico precoce”, afirma.

Go Pink - 2019 - _GTS9185

O presidente do Hospital do Câncer de Londrina, Francisco Ontivero, tem 86 anos e fez questão de participar da corrida Go Pink. Ele começou a correr quando deixou de fumar, aos 40 anos, e garante que foi uma decisão muito importante para a própria vida. “Ganhei saúde e qualidade de vida”, afirmou Ontivero, que aproveitou para reforçar a importância da conscientização sobre o câncer de mama. “É um tema de grande relevância para as mulheres”.

Renata Bueno correu com o grupo de corrida Eu 10, do qual faz parte. “´Participo desde o início, correr é maravilhoso”, opina ela, que apoia a causa do evento. “A conscientização sobre o câncer de mama é muito importante”, afirmou.

Renata Bueno participa de grupos de corridas

Renata Bueno participa de grupos de corridas

Maria Suelene de Paiva também participou do evento para celebrar as boas mudanças que a corrida trouxe para sua vida. “Desde que comecei a correr, perdi peso e ganhei saúde”, conta ela, que considera a Go Pink uma corrida especial.

Claudia Brunosi participou acompanhada do namorado Daniel Colombo e conta que, para ela, a corrida tem um significado especial. Diagnosticada com câncer de mama aos 27 anos, ela passou a praticar esportes como parte do tratamento. “Estou participando pela segunda vez por incentivo dos meus amigos. Exercícios físicos são importantes para a saúde física e mental”, pontuou.

Cláudia e o namorado Daniel

Cláudia e o namorado Daniel

Colaboradores da Plaenge também participaram da corrida Go Pink. O vendedor Fabiano Cazon conta que começou a correr há 12 anos e o hábito transformou sua vida. Ele revela que gosta de corridas que apoiem causas importantes para a comunidade, como a ação do Hospital do Câncer em prol da campanha Outubro Rosa. “Gosto de apoiar causas que tragam alegria de viver”.

Go Pink - 2019 - _GTS8786

___________

Texto: Toda Rede Comunicação | Assessoria de Imprensa

Foto: Gabriel Teixeira