03 | setembro

Uma história que merece ser contada

Por amor à Campo Grande, ciclista distribui gratuitamente os adesivos em comemoração ao aniversário da cidade. Uma campanha realizada há 20 anos pela Plaenge

Com 44 anos, ele percorre as ruas de Campo Grande encima de duas rodas há mais de duas décadas. Sua bike é o que tem e com ela carrega simpatia, brilho no olho e energia que leva até as pessoas. “Esses tempos ele me viu de longe no centro e gritou: ‘Oi amiguinha, tudo bem?’, assim Valéria Borges, Recepcionista da Plaenge, relata.

Ele é o Sr. José Antônio, que há anos vivia no anonimato distribuindo gratuitamente os adesivos que a construtora entrega em comemoração ao aniversário na cidade, que é em agosto. Muito educado e colaborativo, ele pega na recepção da empresa, ano a ano, centenas de adesivos e fala que vai ajudar na entrega.

WhatsApp Image 2018-08-17 at 11.01.26-3

Ele, que trabalha como segurança, nem se lembrava quando foi que pegou o primeiro exemplar comemorativo em um semáforo. O amor já era tanto por Campo Grande que ele sentiu vontade de ajudar na distribuição. “Eu perguntei para a moça que estava entregando onde tinha mais para eu buscar e me indicaram o escritório. Desde então, todos os anos, antes mesmo do aniversário eu apareço para saber quando eles ficam prontos para poder ajudar”, conta ele.

Entrega no comércio, para as pessoas que frequentam o local onde trabalha e por onde passa. “Tenho prazer em distribuir. Eu queria ter tido a ideia de colecionar eles para ter todos hoje. Para poder lembrar desses anos todos”, confessa José Antônio.

Quando mostrado a ele os adesivos que o marketing da empresa guarda, a emoção veio à tona. Segundo ele ajudou na distribuição de todos. “Me lembro de cada um deles”, afirma.

WhatsApp Image 2018-08-17 at 11.01.27-2
A campanha, que se iniciou há 20 anos, 1998, a princípio seria estratégia de posicionamento da empresa para mostra a presença da Plaenge e dedicação pela cidade. Entretanto, caiu no gosto da população por ser uma forma de confissão de amor. Este ano, foi a comemoração dos seus 119 anos.

“Eu ajudo a entregar voluntariamente porque acho muito legal a iniciativa de demostrar carinho por Campo Grande. Eu morei sete meses em São Paulo e não aguentei. Voltei porque aqui eu gosto de viver”, frisa.
Enfim, mais uma bela história que não poderia ser deixada de lado.Ao longo dos 30 anos na cidade, já são muitas histórias que a empresa coleciona.

Ao todo já foram entregues 58 torres que equivalem a mais de quatro mil unidades e um total de 825.346m² de área construída.

Texto: Karine Dias é assessora de imprensa em Campo Grande/MS.